Home Estudos Bíblicos Servir é assim?
Servir é assim? PDF Imprimir E-mail

Servir o Senhor na Igreja que você está:

                           Tarefa muito nobre e muito poderosa.

                          Creia nisso de todo coração.


Servir, e seus vocábulos derivados, aparecem em toda a Bíblia e o dicionário define como:

      Prestação de serviço na qualidade de criado, viver ou trabalhar como servo.

Servo: O que não é livre, sua vontade está condicionada a sua posição de servir como escravo.

Servir é um verbo utilizado pelo Espírito Santo:

Na Palavra inspirada, para identificar uma posição espiritual diante do Espírito Santo. É é o titulo preferido e único de Deus, ao dirigir-se a seus filhos.

Servir:

Tarefa nobre – gratificante – sublime.

"AGORA, FILHOS MEUS, NÃO SEJAIS NEGLIGENTES: POIS O SENHOR VOS TEM ESCOLHIDO PARA ESTARDES DIANTE DELE PARA O SERVIRDES, E PARA SERDES SEUS MINISTROS E QUEIMADORES DE INCENSO."

II CRO.29:11

Servir segundo o olhar BÍBLICO

Em Gênesis 15:14, mesmo quando Abraão não tinha nenhum descendente, Deus informa que eles seriam servos no Egito, por 400 anos, no transcorrer da historia apareceram os Filisteus, Assírios, Babilônios e Romanos, e voltam a ter experiências temporárias amargas neste contexto.

No mundo do Novo Testamento, dominado pelo Império Romano, havia seis milhões de servos (escravos), e muitos desses servos aceitaram a Jesus como Salvador e pelo batismo em águas, foram admitidos como membros da igreja nascente, eram tantos nessa condição que o Apostolo Paulo incluiu na formação da base doutrinaria regras e disciplinas na formação do comportamento, para a classe, e como procederem na nova posição espiritual, refletindo o caráter de Cristo em suas ações e forma de comportamento. Utilize os textos a seguir para ter uma base maior: Tito 2:9,10; Ef. 6:5-9; Col. 3:22-25; e I Tm. 6:1,2.

Jesus em seu ministério terreno e publico, encontrou e atendeu, curando uma pessoa nessa situação, e o que mais me impressionou foi que o seu senhor é quem procurou e fez o pedido de cura, Lc.7:2,3; Mt. 8:5-8.

Temos uma carta-epistola, endereçada a um tal Filemom, um senhor crente, proprietário de um sitio em Colossos, e possuía escravo a seu serviço, certamente adquiridos no mercado de escravos, tão comum naquela época, ate que um dia, um desses escravos, com o nome de Onésimo, fugiu, quando percebeu que estava em um beco sem saída, e tomando conhecimento da gravidade do ato praticado, as leis eram severas, a única alternativa que lhe veio à cabeça, foi procurar o Apostolo Paulo, na prisão em Roma, capital da Itália, conhecia Paulo das visitas pastorais que fazia a Filemom, e aceitou a Jesus como Salvador, veio com o tempo destacar-se como pregador, e Paulo Apostolo, escreveu uma carta comovente solicitando o perdão para o mesmo, e tudo leva a conclusão que Filemom deu alem do perdão a liberdade para Onésimo.

O TRATAMENTO PREFERENCIAL DE DEUS:

"MEU SERVO"

Mt.12:18, “Aqui está o meu Servo”. Usando o pronome possessivo, Deus não utiliza as nossas credencias, títulos e outros, adquiridos por honra, formação ou serviços prestados, no vernáculo de Deus, gente grande é tratada como servo, quando Ele dirige-se a nós Ele usa um termo que é cabível a todos, pequenos e grandes. Não faz distinção.

Pela experiência espiritual, com o dom da profecia, quando Deus através do Espírito Santo, quer exortar, edificar ou consolar, dirige-se dizendo: Assim diz o Senhor: “Meu servo”... Servir de todo o coração, Js.22:5, fala de dedicação total, entrega completa, sem reserva, por inteiro no serviço do Mestre.

O servo ouve e cumpre com as obrigações.

Jesus contou a historia ilustração de um servo que recebeu as ordens do seu senhor para ir trabalhar no campo ou no dever de cuidar das ovelhas, e quando voltou para casa, após o sol se pôr, recebe novas ordens, para servir o jantar ao seu senhor, nem assim ele recebeu agradecimentos, porque está apenas fazendo o seu dever. Moral da historia: O servo ouve, obedece e executa as ordens do seu senhor, Lc.17:7-10. (senhor aqui em letra minúscula é o responsável pela visão da sua igreja)

I Sm.3:9,10, “Fala Senhor porque o teu servo ouve”.

Aprendemos com a experiência do Profeta Samuel, que Deus só fala com servo, no versículo 8, que por três vezes Deus o havia procurado.

Deus alem de falar Ele também mostra aos seus servos as coisas que devem acontecer, Apc.1:1.

Espelho modelo, onde reflete o exemplo de uma dedicação total, é gratificante, podemos tomar como referencia a vida do profeta e juiz de Israel, Samuel, quando criança servia ao Senhor Deus, I Sm.2:11, e na mocidade continuava servindo ao Senhor, I Sm.3:1, e na meia idade para o fim, permanecia no mesmo propósito, servia a Deus de todo o coração, nas mais diversificadas áreas do ministério, no seu geral.

São poucos os que servem a Deus por inteiro.

No entanto apesar de tudo Deus respeitou a autoridade do sacerdote Eli, mesmo sabendo o que haveria de suceder por causa de Hofni e Finéias, seus filhos que passaram a ser filhos de belial, pela desobediência e mentiras e por não conhecerem o Senhor e Dele não serem conhecidos como servos fiéis. Eli honrava mais aos filhos do que o pai celestial e por isso a promessa de andarem perante ao Senhor, ouviu Eli, "Longe de mim tal coisa, porque os que me honram eu os honrarei,porém os que me desprezam serão envilecidos"(1 Sm 2:30)

Envilecido,Envilecer: Tornar vil;Desprezivel;Diminuir em Valor;

Deus diz que não haverá prosperidade na casa de Eli e de seus filhos e não chegaria mais a ter velhos em sua descendencia, ou seja, Deus não sustentaria mais a sua casa(descendência).

Seria o mesmo que dizer:

"Onde voce colocar a sua mão não vai acontecer mais nada, pelo contrario vai ser desprezado e nada mais será ligado no céu"

OS APÓSTOLOS USARAM A CREDENCIAL DE SERVO


Apóstolos, referencia mundial no contexto e conceito das igrejas cristãs, no campo das relações pessoas, se apresentavam com a identidade de servo, na verdade no contexto profano, um termo degradante, humilhante no campo social, no entender de Deus, ilustre, digno de honra, é difícil quando o ser humano, não tem a mente de Cristo, para compreender os valores eternos.

O dicionário da Divindade e seus respectivos sinônimos tem um conceito bem diferente do nosso, para certas palavras. Referencias para conferir: Fil.1:1; Tito 1:1; Tg.1:1; II Pd.1:1.

Escolhidos, selecionados para servir, II Cro.29:11, servir a Deus é o objetivo da chamada, a missão de servi-lo é que determina a seleção.

AS FORMAS DE SERVIR

a)De todo o coração. 1) Buscar a Deus.

b)Servir com a consciência, Hb.9:14. 2) Servir a Deus.

c)Servir sem medo, Lc.1:74. 3) Amar a Deus.

d)Servos da justiça, Rm.8:18. 4) Obedecer a Deus.

e)Serviço completo, Apc.7:15. 5) Confiar em Deus.

f)Servir com os recursos, Lc.8:2,3. 6) Seguir a Deus.

Pense comigo agora:

No dicionário divino, servo é uma posição especial, de valor, nobre, ilustre – que se distingue por qualidades dignas de louvor, notável e preciosa.

Seja você também um SERVO é o que nós líderes temos que ensinar sempre e mostrar como se faz.

Avançar é obedecer e obedecer faz avançar no projeto de Deus.

Falo como Pastor agora:

Eu e minha esposa um dia fomos obedientes ao nosso pastor, a visão da igreja, companheiros dos irmãos, dispostos a fazer sempre mais, adquirimos conhecimento, buscamos crescimento, entendimento, discernimento, enfim, tudo que precisávamos para crescer no chamado e ser escolhido por Deus para hoje, ensinar e liderar os que Deus acrescenta na Igreja do Nosso Senhor Jesus , o Cristo de Deus.

Nem por isso paramos de buscar a aprender mais, porque só o Senhor é Deus, mas hoje entendemos que Ele nos fez ministros porque um dia permitimos ser ministrados, compreendemos e obedecemos a nossa liderança.

Fomos fiéis no pouco e Deus nos colocou no muito.

Ainda que este muito, seja baseado no muito pouco que conseguimos fazer!

Não tome a igreja como uma empresa que precisa ser administrada, porém a igreja precisa ser ministrada porque esta acima de tudo assim como Deus está acima de tudo, portanto servir a Deus não é como servir uma empresa, onde trocamos o serviço pela recompensa.

Lembre-se:

O seu Pastor também é servo, ainda que esteja com conhecimento superior, passado por diversas experiências em sua jornada cristã e seja seu lider.

Servo, sempre servo!

Beijo no coração.

Pr. Luciano