Home Estudos Bíblicos Moisés e a Lei
Moisés e a Lei PDF Imprimir E-mail
Índice do Artigo
Moisés e a Lei
pagina 2
Todas as Páginas


A escravidão de Israel no Egito

Jacó, após lutar com Deus, passou a chamar-se Israel e que em seguida estaria retornando à terra de Canaã.

Os seguintes acontecimentos se sucederam:


 

Gênesis 33:1~11;    Jacó (Israel), encontra Esaú e ambos se reconciliam.
Gênesis 33:18~20;  Jacó chega à Siquém, em Canaã, e lá levanta um altar a Deus.
Gênesis 34:1~7;       Jacó e sua família começaram a ter problemas com os habitantes da região, que tentam fazer acordos para que as famílias se misturassem.
Gênesis 34:25~31;   Os filhos de Jacó não aceitam os acordosmatam os homens da cidade.
Gênesis 35:1~3;       Jacó muda para Betel e lá ergue um altar.
Gênesis 35:16~19;   Nascimento de Benjamim e morte de Raquel.
Gênesis 35:23~26;   Os 12 filhos de Jacó.
Gênesis 35:27~29;   Jacó encontra Isaque, seu pai, e este morre aos 180 anos.

  • Depois de Jacó, vieram seus 12 filhos. Quando esses filhos herdaram a promessa, foi uma queda total no relacionamento com Deus; a fé em Deus diminuiu muito. Se verificarmos nos capítulos seguintes até o final do livro de Gênesis, não encontraremos nenhuma referência de levantamento de um altar para adoração a Deus ou para sacrifício pelos pecados, ou mesmo falar-se das promessas de Deus. O que vemos é só rebeldia, inveja, atos violentos que foram cometidos. A única exceção foi José.
  • José é uma figura de Jesus Cristo;

José era amado do pai, porém era odiado dos irmãos e foi vendido. Jesus era amado do Pai, odiado dos irmãos (judeus) e foi vendido.

José mesmo odiado pelos irmãos, os acolhe em uma hora de fome naquela terra. Jesus Cristo acolhe e salva qualquer israelita que vem a Ele e o reconhece como Messias.

Enquanto José estava no Egito, casou-se com uma gentia. Jesus se casará com a igreja, antes de instalar o seu reino para Israel.

Então vemos vários aspectos da vida de José que já eram profecias, em figura, de Jesus. José era um tipo de Jesus Cristo e foi a única exceção, de todo afastamento dos filhos de Jacó, do relacionamento com Deus.

Gênesis 37: 1~36; José é vendido pelos seus irmãos.

V.3; Israel amava mais a José que aos outros filhos.

V.4~5; os irmãos odiavam a José.

V.6~8; sonho de José, de que reinaria sobre os irmãos; Deus sempre nos avisa dos acontecimentos.

V.26~28; os irmãos vendem José que vai para o Egito.

V 36; no Egito, José é vendido a Potifar, oficial do Faraó.

  • Mesmo no meio de toda essa situação, Deus faria com que a descendência "real", fosse preservada. Satanás queria contaminar toda a raça desde o início, pois sabia que Deus estava preparando um povo, uma nação, para que viesse "aquele que pisaria a cabeça de serpente", profetizado desde o início.
  • Satanás não sabia de qual filho continuaria a descendência; não sabia que seria de Judá. Bem que tentou obstruir o plano de Deus, mas Deus, em Sua soberania, faria com que Seu plano fosse adiante e a descendência escolhida, fosse preservada.

Gênesis 38:1~30;    Judá e Tamar; a descendência em   Pérez (ou Fáres), com a mão de Deus. 

Mateus 1: 2~3;       Judá e Fáres na genealogia de Jesus.