Home Dons para a Igreja Um Alerta de Deus!
Um Alerta de Deus! PDF Imprimir E-mail
Índice do Artigo
Um Alerta de Deus!
continuação
Todas as Páginas

Um sonho profético!

Na madrugada de domingo, do dia quatro de novembro de dois mil e doze, eu tive um sonho.  Com a confirmação da Palavra o Senhor profetizou em nosso culto da família e confesso, nunca vi tanta gente chorando e reconhecendo a voz  de seu Senhor.

O sonho foi assim... Fui convidado para ir a um restaurante, na verdade um banquete, onde muitas pessoas entravam naquele lugar para disputar uma mesa.

Os garçons eram sorridentes e prestativos e indicavam as mesas para as pessoas, o lugar estava lotado e não parava de chegar gente.

A pessoa que me convidou disse que o alimento servido neste banquete era a tendência, ou seja, o que movia as pessoas a correrem para experimentar. Era uma coisa que estava mexendo com as pessoas. Seria a nova delicia do momento, a moda atual.

A pessoa insistiu que eu entrasse e aceitasse a participar deste imenso banquete.

Uma coisa interessante era que parecia uma churrascaria, com boa aparência e ofereciam pedaços enormes de carne no prato.

Sua textura era diferente, o cheiro era esquisito e algo parecia ser muito diferente.

Então acordei assustado e senti um gosto de sangue na boca, fiquei assustado ao extremo, me virei um bocado e por um bom tempo na cama,mas voltei a dormir... O sonho continuou de onde parei.

A  pessoa me disse:

-Entra , senta e aceite meu convite para comer do que estou servindo, veja como estes estão felizes e comem muito.

Olhei para a textura da carne novamente e percebi que não era carne bovina e sim carne humana, então assustado disse ao que me convidava que não queria porque era carne humana e isso era horrível. A pessoa insistiu dizendo que eu iria gostar bastava apenas experimentar... Então recuei dizendo que jamais aceitaria a comer carne humana.

Que sonho maluco!

Acordei suando e pedia a misericórdia de Deus sobre a minha vida e pedi o discernimento do sonho, mas nada aconteceu e voltei a dormir.

Minha esposa levantou cedo e continuei na cama até as oito e trinta da manhã e então levantei.

Fiquei pensando no sonho, mas nada de revelação do que seria isto.

Saímos e fomos ao supermercado,mas não saia da cabeça o sonho. Voltando para casa perto do horário do almoço fui meditar na Palavra para o culto. Pedi para o Senhor que me desse o discernimento do sonho e foi ai que Deus me mandou ao texto do livro de João do versículo trinta e oito ao versículo cinquenta e nove. Este texto tem a confirmação e o discernimento do sonho.

O lugar é a igreja local, os garçons são os pensamentos mundanos de corações malígnos e o convite partia de satanás que gerencia este grande banquete.

A carne humana servida naquele lugar representa a contenda entre os irmãos.

 

Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros. Gl 5:15

 

O texto dado para confirmação fala que Jesus é o pão vivo que desce do céu, como o maná que descia no deserto tipificando o verbo ecarnado, mas que depois se transforma na carne do sacrifício, carne que seria oferecida pelos nossos pecados, pelas nossas transgressões, a carne do corpo do Cristo de Deus, oferecida na cruz.

 

Momentos mais tarde na igreja, pregando neste texto, foi nos alertado por Deus, por revelação, que as pessoas estão aceitando a carne humana(natureza) como alimento, ou seja as pessoas estão se alimentando de pessoas, carne humana, natureza humana quando que o nosso alimento é a carne do sacrifício! Jesus menciona que aquele que não comer desta carne não terá vida.

Deveríamos ser a luz para os que desconhecem a vontade de Deus e se perdem no pecado.

Deveríamos dar testemunho de que Jesus ó o nosso Senhor e nos alimentamos dEle, porém não é assim.

 

O cristão está se alimentando de natureza humana, sacrifício humano, mordendo-se uns aos outros neste grande banquete de satanás dentro das igrejas provocando contendas, e, se alimentam jantando pessoas. A natureza humana sobrepõe a natureza divina fazendo do púlpito uma mesa de contenda.

 

As pessoas que outrora foram convidadas por Deus para o banquete das bodas do cordeiro,voltaram a olhar para o banquete maligno e pior aceitam o convite de satanas. Pessoas mordendo pessoas em nome de Jesus, pessoas jantando pessoas dentro das igrejas louvando, pessoas levando o nome de Jesus para o grande banquete de satanás. Jesus é o único que pode interditar este banquete!