Home Familia de Cristo A Família no plano de Deus
A Família no plano de Deus Imprimir E-mail

A Família no plano de Deus

"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que edificam… Salmo 127.1

È Possível entender isso...

A palavra casa, neste verso não tem um significado físico, mas sim o de uma "casa–família", isto è, um lugar de comunhão, composto de vários membros, ligados por um relacionamento entre pais e filhos, marido e esposa.No lado espiritual também representa a igreja, mas vamos nos concentrar em Família Cristã.  A presença de Deus, como construtor, no seio da família, è de real importância, porque não se pode haver uma felicidade duradoura sem uma ajuda constante de Deus.

A prioridade absoluta afim de que, a "casa-família" , possa no tempo, manter o amor, a unidade e a prosperidade, não depende só das condições econômicas ou da capacidade humana em administrá-la, mas sim do ensinamento dos princípios fundamentais bíblicos e da presença de Deus.

Pode parecer impossível, porém esta è uma realidade: às vezes alguém quer que Deus opere em sua vida, sem que esta mesma operação seja extensiva à sua casa, mas, Deus quer abençoar-nos individualmente mas muito mais coletivamente. Como agir no pessoal somente se formamos uma família?

Vivemos em um mundo, onde o matrimonio não è considerado mais como instituição divina, e as pessoas olham a família apenas como instituição social, com propósitos e finalidades egoístas e sem sérios compromissos, podendo iniciar e findar em qualquer tempo, esquecendo-se das profundas feridas que permanecerão abertas até o fim das vidas envolvidas. Pode existir ex-mulher(marido),mas não existe ex-(Pai/Mãe) e nem ex-filho. Quando destruimos nossa família quebramos um sonho de Deus para nós! A família faz parte do plano de Deus para o homem.

Deus formou a família no jardim do Éden e fez com que o primeiro casal tivesse alegria, e mais, o privilégio de gerar e criar filhos.

O profeta Malaquias (2:15) reafirma um dos propósitos de Deus na família: a procriação de filhos piedosos que temem e obedecem ao Senhor. Através do Antigo Testamento, e de modo especial em Deuteronômio, Deus orienta seu povo a respeito de como os pais devem educar, instruir e guiar os seus filhos A família è uma das boas dádivas de Deus. A vida familiar pode e deve ser como um paraíso na terra.

Deus a fez assim.

È possível?

Sim!

O segredo do sucesso è simples: obedecer a Deus e seguir as suas instruções.

Obediência  à sua vontade é o segredo! 

Não esquecendo do Sl. 119.105

"Lâmpada para os meus pés è a tua palavra, e luz para o meu caminho".
A família deve viver diariamente momentos de comunhão, proporcionando aos seus membros:

1° Formação física: através da convivência, dos bons exemplos, è que se desenvolve o corpo a personalidade e o caráter, harmoniosamente. As famílias alem de alimentar o corpo, deve alimentar também a alma. Alma sadia, família sadia!

2° Informação: Os valores morais e espirituais são passados aos filhos e estes lhes servem para o desenvolvimento da vida, valores que são eternos. Lembrando que a continuidade de informação afeta diretamente as gerações posteriores.

3° Dialogo: É essencial conversar sobre os ideais, sobre os anseios e tristezas, vitórias e alegrias, as experiências do dia a dia, vida escolar, profissional, o que se vê e o que se ouve, tem no lar o melhor ambiente para serem analisados, sempre com muito temor a Deus. As vezes, ou na sua maioria, temos mais paciência com estranhos do que com os nossos familiares. Lembrando que a primeira igreja é a nossa casa(família).

4° Troca de experiências: não só os filhos devem aprender com os pais, mas também os pais com os filhos as experiências vividas no dia a dia, selecionando-as, e aplicando-as para o bem estar de todos. Um jovem pode ensinar também.

5° Momentos de lazer e recordações: a família precisa gozar juntos, dos momentos de passeios e recordações, de passagens familiares que não podem ser esquecidos, conservando assim a sua própria história. Algumas coisas precisamos realmente esquecer, mas outras jamais devemos esquecer...experiências, momentos de alegria e até de tristezas que trouxeram um fortalecimento familiar devem ser lembrados.

6° Ensino sobre a fé: são momentos de comunhão com Deus, onde Ele è exaltado e o nome de Jesus è proclamado. Cânticos, orações e estudos bíblicos, em família, enriquece a todos. Não só importante, mas é excencial para a vida abundante que Cristo nos oferece.
Sabemos que muitas são as barreiras encontradas na vida familiar: o corre-corre do dia a dia, filhos abandonados ao seu próprio destino, desvalorização da convivência familiar, o egoísmo, a interferência da televisão e outros meios de comunicação, o consumismos, a perda dos conceitos divinos estabelecidos para a família, etc. Vamos trocar Cristo por coisas passageiras? Cuidado com o que voce fala diante de sua família, afinal voce é referência para eles e da sua boca pode sair vida ou morte.Ensine o que é ser um verdadeiro Cristão... que tudo sofre por Cristo. Hoje em dia muitos pais por falta de sabedoria estão deixando uma imagem errada da igreja de Cristo...Cuidado!

Mas, com tudo isto, nós, cristãos somos chamados a fazer do nosso lar, um lugar onde o Espírito Santo tenha a prioridade em nossas vidas e que todos os membros da família trabalhe pela felicidade um do outro, harmoniosamente, agradando a Deus e vivendo melhor, è possível!

Deus abençoe seu lar...através de voce!

Beijo no coração.