Home Reflita O Mistério de Melquisedeque
O Mistério de Melquisedeque Imprimir E-mail

"Porque este Melqueisedeque que era rei de Salém Sacerdo-te do Deus altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão, quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou, a quem também Abraão deu o dízimo de tudo e primeiramente, por interpretação, Rei de justiça, e depois também Rei de Salém, que é Rei de Paz; Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de vida e nem fim de dias, mas sendo feito semelhante ao filho de Deus, permanece Sacerdote para sempre.

"Considerai pois quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos. Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar. Visto ser manifesto que Nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio.

E muito mais manifesto é ainda se à semelhança de Melquisedeque se levantar outro sacerdote. Mas, este com juramento por aquele que lhe disse: Jurou ao Senhor e não se arrependerá. Tú és sacerdote eternamente, segundo a ordem de Melquisedeque". (Hebreus 7:1-4; 13-15).  

 

QUEM ERA MELQUISEDEQUE?

Quem era este homem tão misterioso? De onde ele veio? Sem pai, sem mãe, sem genealogia, sem princípio de dias e sem fim de vida? Rei de justiça, Rei de Salém, Rei de paz, semelhante ao filho de Deus, permanece sacerdote para sempre.

Quem pode ostentar essas características e esses atributos? Qual o ser que possui essas notáveis características?

Qual o ser que poderia envolver-se em tão grande mistério? Qual a pessoa que tem esses atributos? Sem pai, sem mãe, sem genealogia, sem princípio de dias e sem fim de vida? Ninguém tem essas características, a não ser o Cristo de Deus, porque Ele é eterno. Ele sempre existiu. Ele veio dos céus, e apareceu a Abraão na estrada, quando este vinha da matança dos reis. E Abraão o recebeu como enviado de Deus. Como sacerdote do Deus altíssimo.

Ele apareceu a Abraão, não por um processo de reencarnação, pois ele não teve pai nem mãe; mas sim, ele veio da maneira como aqueles dois varões apareceram na casa de Ló. Apareceram, ficaram por um tempo e depois de realizada a sua missão, desapareceram. Então, Melquisedeque era o próprio Cristo que veio do céu para ensinar a Abraão, a fim de que Ele se tornasse o Pai dos Crentes.

Agora, note os atributos desse Ser extraordinário: Rei de justiça, Rei de Salém, Rei de paz, semelhante ao filho de Deus, Sacerdote para sempre. Pode algum humano, terrestre, intitular-se Rei de justiça? Há ou ouve alguém neste mundo realmente justo? A bíblia diz que não houve um justo sequer. (Romanos 3:10). Desta maneira, o único que age com justiça no governo é o Cristo de Deus; Rei de Salém; Salém foi o primeiro nome dado à Cidade Eterna, a Cidade Santa, cujo Rei Eterno é o Cristo de Deus; Rei de Paz:- quem pode ser conhecido como rei de paz, Isaías 9:6. Só o Cristo é o Príncipe da paz.

Veja o reconhecimento da imagem do filho de Deus naquele homem chamado Melquisedeque. Sacerdote para sempre; quem pode ostentar este título de sacerdote para sempre? Isto é Sacerdote Eterno. Melquisedeque, portanto, não somente foi sacerdote no tempo de Abraão, mas antes ele já era sacerdote junto ao Pai, e depois da sua missão junto a Abraão, ele continua sendo sacerdote eternamente. Desta maneira, Melquisedeque era o próprio Cristo de Deus.

Ora, saiba que, no plano eterno de salvação do ser humano, não há outra pessoa responsável, em ordenar, em estabelecer os princípios, em estabelecer as regras, em revelar o caminho, a não ser o Cristo de Deus. Assim foi no princípio, com Adão, cujos ensinos seguiram-se através da descendência de Set até Noé, quando por causa da degeneração da raça humana, Yahveh Deus resolveu destruir toda a criação, com o Dilúvio. Após o dilúvio Yahveh Deus esperou que a descendência de Noé se tornasse uma humanidade temente a Deus. Mas, tal não aconteceu. Então Yahveh Deus rejeitou aquele povo, e chamou Abraão a fim de que através dele constituísse um povo para o seu nome.

Tendo a descendência de Abraão também se corrompido, se degenerado, Yahveh Deus enviou novamente o Cristo, para ensinar um novo ensino e arregimentar um novo povo para Deus. Com uma diferença: Com o nome de Melquisedeque, veio o Cristo como um ser divino aparecendo sem pai, sem mãe, sem genealogia, sem princípio de dias e sem fim de vida.

Com o nome de Yahshua (Jesus), veio o Mashiach (Cristo) como ser humano, nascido de mulher, com genealogia, com princípio de dias (vida) e fim de vida. Ele veio com estas características humanas, porque veio como representante do homem resgatar uma dívida que ser humano tinha para com o Pai Celestial Yahveh Deus.

Como Melquisedeque, ele veio apenas para ensinar o caminho da salvação, mas como Yahshua (Jesus), ele veio não somente ensinar, mas se tornar o caminho da salvação, tomando o lugar do homem e resgatando os pecados da humanidade perante o Pai Yahveh Deus. Desta maneira, não se trata de uma reencarnação como poderia pensar os espíritas. Porque segundo o ensino espírita, rencarnação é o processo de uma pessoa nascida de mulher, em carne. Ter morrido e depois nascer de novo da mulher, em carne. Não foi assim ocorrido com Cristo como Melquisedeque.

Ali Ele veio como Divino, aparecendo como um anjo aparece misteriosamente, e depois desapareceu misteriosamente da mesma maneira. Assim, Cristo veio como humano somente uma vez, quando nasceu de Maria em Belém da Judéia.

Quando Ele vier arrebatar o seu povo, Ele não nascerá de mulher, mas arrebatará o seu povo das nuvens. E quando ele vier estabelecer o seu governo de paz no Arraial dos Santos, Ele também não nascerá de mulher, mas descerá dos céus com os Santos.

O TESTEMUNHO DE YAHSHUA (JESUS)

Comprovando que Melquisedeque era o Mashiach (Cristo), o Senhor Yahshua (Jesus) deu um testemunho muito valioso, que acha em João 8:56 que diz:

"Abraão exultou por ver o meu dia, e viu-o e alegrou-se. Disseram-lhe pois os Judeus: Ainda não tens cinqüenta anos, e viste a Abraão? Disse-lhes Yahshua (Jesus): "Em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, Eu sou."(João 8:56).

Este texto mostra-nos claramente, que o Patriarca Abraão viu a Mashiach Yahshua (Cristo Jesus), e Mashiach Yahshua (Cristo Jesus) viu a Abraão. Mas, como Abraão viu a Yahshua (Jesus), se Yahsua (Jesus) nasceu somente dois mil anos depois de Abraão? Resposta: Yahshua viu a Abraão e Abraão viu a Mashiach Yahshua (Cristo Jesus), como Melquisedeque.

O Mistério de Melquisedeque

"Porque este Melqueisedeque que era rei de Salém Sacerdo-te do Deus altíssimo, e que saiu ao encontro de Abraão, quando ele regressava da matança dos reis, e o abençoou, a quem também Abraão deu o dízimo de tudo e primeiramente, por interpretação, Rei de justiça, e depois também Rei de Salém, que é Rei de Paz; Sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de vida e nem fim de dias, mas sendo feito semelhante ao filho de Deus, permanece Sacerdote para sempre.

"Considerai pois quão grande era este, a quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos. Porque aquele de quem estas coisas se dizem pertence a outra tribo, da qual ninguém serviu ao altar. Visto ser manifesto que Nosso Senhor procedeu de Judá, e concernente a essa tribo nunca Moisés falou de sacerdócio. E muito mais manifesto é ainda se à semelhança de Melquisedeque se levantar outro sacerdote. Mas, este com juramento por aquele que lhe disse: Jurou ao Senhor e não se arrependerá. Tú és sacerdote eternamente, segundo a ordem de Melquisedeque". (Hebreus 7:1-4; 13-15).

QUEM ERA MELQUISEDEQUE?

Quem era este homem tão misterioso? De onde ele veio? Sem pai, sem mãe, sem genealogia, sem princípio de dias e sem fim de vida? Rei de justiça, Rei de Salém, Rei de paz, semelhante ao filho de Deus, permanece sacerdote para sempre.

Quem pode ostentar essas características e esses atributos? Qual o ser que possui essas notáveis características?

Qual o ser que poderia envolver-se em tão grande mistério? Qual a pessoa que tem esses atributos? Sem pai, sem mãe, sem genealogia, sem princípio de dias e sem fim de vida? Ninguém tem essas características, a não ser o Cristo de Deus, porque Ele é eterno. Ele sempre existiu. Ele veio dos céus, e apareceu a Abraão na estrada, quando este vinha da matança dos reis. E Abraão o recebeu como enviado de Deus. Como sacerdote do Deus altíssimo.

Ele apareceu a Abraão, não por um processo de reencarnação, pois ele não teve pai nem mãe; mas sim, ele veio da maneira como aqueles dois varões apareceram na casa de Ló. Apareceram, ficaram por um tempo e depois de realizada a sua missão, desapareceram. Então, Melquisedeque era o próprio Cristo que veio do céu para ensinar a Abraão, a fim de que Ele se tornasse o Pai dos Crentes.

Agora, note os atributos desse Ser extraordinário: Rei de justiça, Rei de Salém, Rei de paz, semelhante ao filho de Deus, Sacerdote para sempre. Pode algum humano, terrestre, intitular-se Rei de justiça? Há ou ouve alguém neste mundo realmente justo? A bíblia diz que não houve um justo sequer. (Romanos 3:10). Desta maneira, o único que age com justiça no governo é o Cristo de Deus; Rei de Salém; Salém foi o primeiro nome dado à Cidade Eterna, a Cidade Santa, cujo Rei Eterno é o Cristo de Deus; Rei de Paz:- quem pode ser conhecido como rei de paz, Isaías 9:6. Só o Cristo é o Príncipe da paz.

Veja o reconhecimento da imagem do filho de Deus naquele homem chamado Melquisedeque. Sacerdote para sempre; quem pode ostentar este título de sacerdote para sempre? Isto é Sacerdote Eterno. Melquisedeque, portanto, não somente foi sacerdote no tempo de Abraão, mas antes ele já era sacerdote junto ao Pai, e depois da sua missão junto a Abraão, ele continua sendo sacerdote eternamente. Desta maneira, Melquisedeque era o próprio Cristo de Deus.

Ora, saiba que, no plano eterno de salvação do ser humano, não há outra pessoa responsável, em ordenar, em estabelecer os princípios, em estabelecer as regras, em revelar o caminho, a não ser o Cristo de Deus. Assim foi no princípio, com Adão, cujos ensinos seguiram-se através da descendência de Set até Noé, quando por causa da degeneração da raça humana, Yahveh Deus resolveu destruir toda a criação, com o Dilúvio. Após o dilúvio Yahveh Deus esperou que a descendência de Noé se tornasse uma humanidade temente a Deus. Mas, tal não aconteceu. Então Yahveh Deus rejeitou aquele povo, e chamou Abraão a fim de que através dele constituísse um povo para o seu nome.

 Tendo a descendência de Abraão também se corrompido, se degenerado, Yahveh Deus enviou novamente o Cristo, para ensinar um novo ensino e arregimentar um novo povo para Deus. Com uma diferença: Com o nome de Melquisedeque, veio o Cristo como um ser divino aparecendo sem pai, sem mãe, sem genealogia, sem princípio de dias e sem fim de vida.

 Com o nome de Yahshua (Jesus), veio o Mashiach (Cristo) como ser humano, nascido de mulher, com genealogia, com princípio de dias (vida) e fim de vida. Ele veio com estas características humanas, porque veio como representante do homem resgatar uma dívida que ser humano tinha para com o Pai Celestial Yahveh Deus.

 Como Melquisedeque, ele veio apenas para ensinar o caminho da salvação, mas como Yahshua (Jesus), ele veio não somente ensinar, mas se tornar o caminho da salvação, tomando o lugar do homem e resgatando os pecados da humanidade perante o Pai Yahveh Deus. Desta maneira, não se trata de uma reencarnação como poderia pensar os espíritas. Porque segundo o ensino espírita, rencarnação é o processo de uma pessoa nascida de mulher, em carne. Ter morrido e depois nascer de novo da mulher, em carne. Não foi assim ocorrido com Cristo como Melquisedeque.

 Ali Ele veio como Divino, aparecendo como um anjo aparece misteriosamente, e depois desapareceu misteriosamente da mesma maneira. Assim, Cristo veio como humano somente uma vez, quando nasceu de Maria em Belém da Judéia.

Quando Ele vier arrebatar o seu povo, Ele não nascerá de mulher, mas arrebatará o seu povo das nuvens. E quando ele vier estabelecer o seu governo de paz no Arraial dos Santos, Ele também não nascerá de mulher, mas descerá dos céus com os Santos.

 O TESTEMUNHO DE YAHSHUA (JESUS)

 Comprovando que Melquisedeque era o Mashiach (Cristo), o Senhor Yahshua (Jesus) deu um testemunho muito valioso, que acha em João 8:56 que diz:

"Abraão exultou por ver o meu dia, e viu-o e alegrou-se. Disseram-lhe pois os Judeus: Ainda não tens cinqüenta anos, e viste a Abraão? Disse-lhes Yahshua (Jesus): "Em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, Eu sou."(João 8:56).

Este texto mostra-nos claramente, que o Patriarca Abraão viu a Mashiach Yahshua (Cristo Jesus), e Mashiach Yahshua (Cristo Jesus) viu a Abraão. Mas, como Abraão viu a Yahshua (Jesus), se Yahsua (Jesus) nasceu somente dois mil anos depois de Abraão?

Resposta:

Yahshua viu a Abraão e Abraão viu a Mashiach Yahshua (Cristo Jesus), como Melquisedeque.