Home Estudos Bíblicos Só voce voltou?
Só voce voltou? Imprimir E-mail
Índice do Artigo
Só voce voltou?
pagina 2
pagina 3
pagina 4
pagina 5
pagina 6
Todas as Páginas

A Lepra

Para que possamos entender o livro de Leviticos, precisamos ter em mente sempre que nele temos tipos, sombras e figuras. De acordo com Hebreus, Cristo é a realidade de todas as figuras do Antigo Testamento.

Este estudo está baseado no livro de Leviticos Cap. 13-14

O que causa a lepra?

Certamente ela é causada por um bacilo que entra no organismo humano e o contamina de uma forma geral.

Sim, a lepra é algo exterior, mas também podemos dizer que ela é interior, porque esse microorganismo precisa entrar no corpo para se tornar uma doença.

Dessa forma, a lepra compreende fatores exteriores de efeitos internos, ou seja, a causa vem de fora, mas os efeitos estão dentro do corpo porque entraram no corpo.

 

A lepra aloja-se no corpo humano e pode demorar muito tempo para manifestar-se.

É como o pecado que está em nosso interior, mas aparece ocasionalmente.

Às vezes ele se manifesta como orgulho, como rebelião contra Deus, como inveja dos outros, como ambição etc. Precisamos que o Senhor Jesus nos ilumine para vermos claramente nossa situação e nos dê um caminho para vencer a lepra (o pecado). Poderíamos dizer que muitos “evangélicos” estão com lepra e isso por vermos a incredulidade, idolatria a homens, inversão de valores, busca ao material desprezando o espiritual, apostasia, desobediência à palavra de Deus, desanimo, mau testemunho, falta de compromisso, etc. ..,como a manifestação da doença.

Porém, fique claro, Jesus Cristo não esta com lepra os homens que dizem segui-lo e demonstram o contrario é que adquiriram a doença. Ele é a solução da cura!

 

 

Casos de Lepra na Bíblia:

 

O caso de Moisés

 

A Bíblia relata pelo menos três casos de pessoas que foram castigadas com lepra. Há ainda o caso de Moisés, em que a lepra foi um sinal mostrando-lhe como ele precisava depender de Deus. A historia de Moisés divide-se em três períodos de quarenta anos. No primeiro, ele foi instruído em toda a ciência do Egito tornando-se poderoso em palavras e obras assim como um grande líder. Mas Deus levantou uma situação que o forçou a fugir para a terra de Midiã, onde ficou apascentando o rebanho de seu sogro Jetro. No deserto Moisés não tinha a quem liderar nem como usar sua eloquência ou tudo que aprendera. Ele passava os dias pastoreando ovelhas. Deus permitiu isso para levar a morte toda sua capacidade natural, de tal maneira que aos 80 anos ele se julgava incapaz de fazer qualquer coisa para Deus. Foi nesse momento que Deus lhe apareceu, chamando-o para que tirasse seu povo do Egito. Antes , porém de se usado por Deus para executar tão grande tarefa, era necessário que Moisés conhecesse a si mesmo e o que havia no seu interior.

 

Por entre as chamas de uma sarça ardente, Deus ordenou-lhe que pusesse a mão no peito. Ao fazê-lo sua mão ficou leprosa. Depois, tornou a colocar a mão no peito conforme a ordem de Deus, e quando retirou estava limpa. Por meio desse sinal Moisés entendeu que o seu interior estava cheio de lepra. Sabendo disso, ele aprendeu a depender inteiramente só de Deus e a não confiar em si mesmo. Essa foi uma característica sua por toda a sua vida. Paulo também percebia isso. ?Porque eu sei que em mim, isto é na minha carne, não habita bem nenhum(Rom 7:18) Jesus também disse:  

Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios (Mt. 15:19) por isso precisamos conhecer bem quem somos para não confiar em nós mesmos.

 

O Caso de Miriã

 

O primeiro caso de lepra como castigo é o de Miriã , irmã de Moisés. Em Números 12 lemos que Moisés havia casado com uma mulher etíope, atitude contrária ao costume dos israelitas. Miriã e Arão repreenderam Moisés por isso, aproveitando essa oportunidade para calunia-lo visando abalar sua autoridade perante o povo. Esse fato manifestou a lepra de Arão de Miriã. Na verdade, a rebeldia manifestado contra Moisés devia estar oculta no interior deles há muito tempo e manifestou naquela ocasião.

Disserem eles:

Porventura tem falado o senhor somente por Moisés?

Não tem falado por nós?

(v.2) e logo que ouviu isso o Senhor chamou aos três e disse:  

Se entre vós há profeta, eu o Senhor em visão a ele me faço conhecer ou falo com ele em sonhos. Não é assim como o meu servo Moisés, que é fiel em toda a minha casa.

Boca a boca falo com ele, claramente, e não pôr enigmas, pois ele vê a forma do Senhor como pois, não temeste falar contra o meu servo, contra Moisés. E a ira do Senhor contra eles se acendeu, e retirou-se...

A nuvem afastou-se de sobre a tenda, e eis que Miriã achou-se leprosa, branca com neve,(vs.6-10)

Arão muito temeroso clamou a Moisés que rogasse a Senhor para que a curasse e o Senhor misericordioso, ouviu sua oração. Com isso vemos que a lepra é resultado principalmente da rebelião e da desobediência. No caso de Miriã a lepra manifestou-se devido a sua rebelião contra a autoridade delegada por Deus. Essa rebelião oculta no coração de Miriã, e que por fim manifestou-se como lepra, também esta dentro de nós.

Somos muitas vezes rebeldes com a tendência natural e insubmissão as autoridades.

 

O Caso de Geazi

 

O segundo livro de Reis, capitulo 5. Registra a historia da cura da lepra de Naamã, comandante do exército do rei da Síria, pelo profeta Eliseu. Naamã , segundo a ordem de Eliseu, lavou-se sete vezes no rio Jordão e ficou limpo de sua lepra. Depois de Ter sido curado, insistiu com Eliseu para que aceitasse um presente, mas ele recusou.

Quando Naamã já havia se afastado certa distância, Geazi, servo de Eliseu movido pela ganância e cobiça, correu atras dele mentiu-lhe dizendo que o profeta resolvera aceita aos presentes. Naamã deu-lhe dois talentos de prata e duas vestes festivais,que ele guardou em casa. Quando entrou onde esta Eliseu, este perguntou-lhe: ? Donde vens, Geazi?? Respondeu ele: ?Teu servo não foi a parte alguma! Mas Eliseu disse que sabia de tudo o que ocorrera e que a lepra de Naamã se pegaria a ele a sua descendência para sempre.

E Geazi saiu de diante dele, leproso, branco como a neve.

 

A primeira lição que podemos extrair dessa historia é que, na verdade, a lepra está no interior do homem, aguardando uma oportunidade para manifestar-se.

Uma bactéria adormecida esperando o momento de baixa imunidade para atacar.

Precisamos evitar dar ocasião para que a cobiça, a inveja, e a mentira se manifestem, como ocorreu com Geazi. Também não devemos servir ao Senhor por avareza ou pôr qualquer beneficio próprio.

Leia e entenda muito bem isso:

Não o servimos por almejar respeitos das pessoas, ou para obter vantagem ou ganho pessoal.

Mas constrangido por seu amor.

O nosso coração deve estar limpo ao servimos a Deus.

Devemos nos aproximar de Deus pelo que Ele é e não pelo que Ele pode nos dar.

Buscar sua amizade por deseja-lo como amigo.

Desejar sua companhia, não para preencher vazios,mas por alegria dela, não quando somos abandonados por homens.

Desejá-lo de coração.

 

Não creio que Geazi estivesse tranqüilo ao fazer aquilo.

Certamente sua consciência acusava-o todo o tempo. Quando entrou na presença de Eliseu e ouviu.

Donde vens, Geazi?

Tal pergunta deve ter feito seu coração palpitar mais rápido.

Por que Eliseu teria feito esta pergunta, se já sabia o que ocorrera?

Na pergunta...De onde vens Geazi? 

Simples... Essa foi uma oportunidade para ele se arrepender.

Essa é a oportunidade que Deus dá a todos...

Imagine se tão logo entrasse na presença de Eliseu, Geazi recebesse a punição da lepra. Ele não teria qualquer chance de oportunidade de arrependimento, pois Deus esta sempre pronto a perdoar-nos e purificar-nos.

 

O Caso do rei Uzias

 

A mais um caso que a Bíblia registra é a do rei Uzias.

O segundo livro de Crônicas cap 26:16 diz:

 Mas, havendo-se fortificado, exaltou-se o seu coração para a sua própria ruína, e cometeu transgressões contra o Senhor, seu Deus, porque entrou no templo do Senhor para queimar incenso no altar do inceso.

Deus muito abençoou a Uzias enquanto seu coração permaneceu reto diante do Senhor. Havendo ele se tornado um rei poderoso, elevou-se o seu coração, assim dando lugar para que a lepra se manifestasse em sua vida. Assim sendo ele desobedeceu a ordem de Deus que o proibia de exercer a função de sacerdote. Por fim a lepra lhe saiu na testa.

 

Irmão precisamos ter o sentimento de Cristo em nossas vidas, e diariamente policiar nossas intenções, emoções, devemos examinar a nós mesmo perguntando-nos qual é a nossa intenção ao servir ao Senhor.

Ser respeitado pelos irmãos sem obter algum beneficio ou simplesmente servir ao Senhor pôr amor a sua obra.

Se notarmos que há em nós orgulho ambição ou coisa parecida, em nome de Jesus corramos para nos limpar, porque são sinais de lepra. A lepra sempre dá sinais de afloramento. Se pudéssemos abrir verdadeiramente nossos olhos espirituais veríamos muitos ao nosso lado com a lepra aflorada,mas infelizmente não existe só a lepra, existe cegueira,surdez,...