Home Reflita Esforça-te pela visão
Esforça-te pela visão PDF Imprimir E-mail

Esforça-te pela visão

Falar sobre se ter uma visão tem se tornado um assunto bem difundido entre as igrejas da atualidade, tanto no Brasil como no exterior. Os ministérios mais bem sucedidos que existem , sempre tem a participação de alguém que ousa ter objetivos audaciosos,

pessoas que resolveram se importar com as coisas que são verdadeiramente importantes para Deus e, prosseguiram convictos da provisão de Deus no árduo trajeto entre o sonho e a realidade...

 

 

 


 

 

1)    A TRÍPLICE REALIDADE DA FALTA DE VISÃO.

 

“...um cego , assentado junto do caminho mendigando” (vv.35)

 

Na vida deste homem de Jericó, podemos identificar três aspectos decorrentes da sua cegueira :

 

a)    Assentado: É notável como muitos de nós cristãos, que professamos ser servos de Deus não conseguimos discernir “...os dias maus...” em que vivemos, estamos em um inteiro estado de estagnação, totalmente sem ações ,literalmente assentados. Isto é a imagem da igreja que vive na esfera da comodidade.

 

b)    Junto do caminho : Uma das resultantes da falta da visão é que sempre se anda às margens, se está à beira do caminho mas não no caminho, alguém que não pode ver não poderá andar no caminho, poderia ser atropelado. Um dos testes de lucidez que a polícia rodoviária faz com os motoristas é, traçar uma linha reta no chão e pedir ao indivíduo que ande sobre ela, traçar as metas e objetivos são essenciais para que se ande na direção certa.

 

c)    Mendigando : Uma das mais importantes privações que este homem sofria era o fato de não poder trabalhar, não podendo trabalhar não poderia se sustentar e, sendo assim , limitava sua vida a viver de possíveis esmolas que viessem a lhe dar. Expressões, tais como, “não podemos”, “não há maneiras” , “é impossível”, “somos pequenos” etc...são expressões da falta de confiança em Deus, quando os doze espias voltaram de espiar Canaã , uma das conclusões que alguns tiraram, foi : “Vimos ali gigantes... e éramos aos nossos olhos como gafanhotos e assim também éramos aos seus olhos.”(Nm 13:33) Seremos quem acreditamos que podemos ser, e é isto que iremos transmitir para os que estão a nossa volta , uma coisa é aprender “...a contentar-me com o que tenho”(Fl 4:11) e outra é saber que se pode realizar mais e utilizar isto como um escudo da falta de coragem e fé em Deus.

 

Não podemos impedir que falem e pensem a nosso respeito mas, ninguém pode mudar o que pensamos de nós mesmos sem que queiramos.

 

“Visão sem missão nos torna visionários, missão sem visão nos faz trabalhar exaustivamente e, visão unida à missão nos torna missionários”

 

2)    BATALHANDO PELO SUCESSO DA VISÃO

 

Seria uma negligência pensarmos que não teremos nenhuma espécie de obstáculo ao sucesso da visão, o que quer que façamos sendo na igreja ou na vida secular, será necessário fé , empenho e disposição para enfrentar as possíveis adversidades.

Analisemos as adversidades que este cego enfrentava para obter êxito na cura da sua cegueira.

 

A multidão o impedia : Quando o cego fica sabendo que é Jesus quem está passando por ali então, passa a gritar desesperadamente por ele, gritava sem parar , em contrapartida a multidão dizia para se calar. Alguns estão tão preocupados com os próprios motivos que os levam a seguir Jesus, que acabam impedindo outros de exercerem a sua fé, este tipo de pessoa é a que tem uma visão medíocre ou mesmo egocêntrica , são incapazes de crer no poder de Deus e, acabam se tornando um impedimento aos que querem fazer parte do sucesso da visão da igreja.

 

Não podia ir até Jesus por si mesmo: Imagine o quanto é frustrante para o cego saber que a solução para o seu problema passava a poucos metros dele e não podia ir até lá, e isso devido às limitações pelo fato de ser cego, é mais ou menos quando estamos sonhando e tentando correr de alguma coisa e não conseguirmos mexer sequer os joelhos. Jesus então pára e manda que o tragam até ele e, como era de se esperar, o Senhor cura milagrosamente a cegueira deste homem.

No nosso meio vão existir pessoas que não vão conseguir concordar ou mesmo não acreditar que se realize os sonhos que temos, porém devemos levá-las até Jesus para que ele cure sua visão por completo e passe a ver as coisas do ângulo da visão de Deus que é SALVAR ALMAS.

 

Não podemos de modo nenhum imaginar que tenha sido fácil para este cego obter a cura para sua cegueira e nem podemos achar que vai ser tão fácil alcançar o sucesso da visão da igreja mas, é aí mesmo que vamos nos encontrar enquadrados , talvez entre os vencedores, os vencidos ou, os mais que vencedores.

 

Os vencedores são os que encaram a adversidade como uma professora.

Os vencidos sãos os que sentem vítimas diante das adversidades. (autopiedade)

Os mais que vencedores são os que tem :

“...o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se vêem”

(Hb 11:1)

 

 

   

Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.

(1 Co 15:58)